quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Onde está a rosa?


Onde está a beleza
daquela rosa que um dia
eu narrei em verso e prosa?

Onde está a doçura
daquele olhar de ternura
que um dia me fez chorar?

Traga a rosa de volta pra mim
pois, quero em verso e prosa
enfeitar o meu jardim.

Olhe bem nos meus olhos
que chora de tanta tristeza
e imagina em seus sonhos, a beleza.

A beleza daquela rosa
que um dia você trouxe pra mim
e eu narrei, em verso e prosa.

Olhe bem nos meus olhos
eles choram de tanta tristeza
por que se foi a beleza.

Lembra daquela rosa
que um dia enfeitei meu jardim?
traga de volta pra mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário